quinta-feira, 31 de julho de 2014

Florzinhas de crochê

Florzinhas de crochê

Como fazer florzinhas em crochê?


8. Florezinhas: 7 correntinhas, 1 ponto baixíssimo na 1° correntinha, *6 correntinhas, 1 ponto baixíssimo na 1° correntinha*.
Repita de *a* mais 2 vezes.

Rosetas em crochê

Rosetas em crochê

Como fazer rosetas em crochê?


7. Rosetas: monte 5 correntinhas e feche. Na 1° carreira: 3 correntinhas, alterne 4x2 correntinhas e 1 ponto alto.
No fim da carreira, 3 correntinhas e 1 ponto baixíssimo. Na 2° carreira: 1 ponto baixo, 1 meio ponto alto e 1 ponto
baixo em cada arco.

quarta-feira, 30 de julho de 2014

Margaridas de 6 e 8 pétalas em crochê

Margaridas de 6 e 8 pétalas em crochê

Como fazer margaridas de 6 e 8 pétalas no crochê?


6. Margarida com 6 pétalas: monte 5 correntinhas e feche com 1 ponto baixíssimo. Na 1° carreira: 3 correntinhas, 11 pontos
altos, feche com 1 ponto baixíssimo na 3° correntinha inicial. Na 2° carreira: 3 correntinhas, alterne 4 correntinhas e
1 ponto alto em cada 2° ponto alto. No fim da carreira, 4 correntinhas, 1 ponto baixíssimo. Na 3° carreira: *9 correntinhas,
volte sobre as correntinhas, iniciando no 2° ponto, com 1 ponto baixo, 1 meio ponto alto, 1 ponto alto, 5 pontos altos
duplos, 1 ponto baixo no ponto alto seguinte da 2° carreira *. Repita de * a *. Na 4° carreira (atrás da 3°): 2 correntinhas,
1 ponto baixo no arco da 2° carreira. Faça as pétalas como na 3° carreira, com pontos baixos no arco da 2° carreira.
Margarida de 8 pétalas: monte 10 correntinhas e feche. As 2°, 3° e 4° carreiras: iguais às da margarida de 6 pétalas.

Flor Campânula em crochê

Flor Campânula em crochê

Como fazer a flor Campânula em crochê?


4. Campânula: monte 10 correntinhas, mais 1 para virar, e trabalhe em pontos baixos. Na última correntinha, faça 3 pontos
baixos para a ponta. Vire o trabalho e faça o outro lado em ponto baixo até o penúltimo ponto.


5. Continue em ponto baixo, introduzindo a agulha na parte de trás do ponto. Cada carreira começa, sem correntinha para
virar, no 2° ponto e termina no penúltimo ponto. No ponto central dos 3 pontos baixos, faça 3 pontos baixos.
Depois de 3 carreiras e meia, na ponta, trabalhe 4x10 correntinhas e 1 ponto baixo.

terça-feira, 29 de julho de 2014

Como fazer flores e pétalas em crochê?

Como fazer flores e pétalas em crochê?


2. Trabalhe as folhas e as pétalas sobre fios de enchimento com 2 pontos baixos, 2 meios pontos altos, 9 pontos altos,
2 meios pontos altos, 1 ponto baixo. Em seguida, vire o trabalho e volte sobre o fio, introduzindo a agulha entre os
pontos do outro lado; trabalhe 2 meios pontos altos, 9 pontos altos, 2 meios pontos altos e 2 pontos baixos.


3. Contorne cada folha com um novo fio de enchimento colocado em volta e trabalhe em pontos baixos. Para a execução da
margarida, trabalhe todas as pétalas com os 5 primeiros e os 5 últimos pontos baixos, juntos.

Como fazer hastes de flor em crochê?

Como fazer hastes de flor em crochê?


1. Hastes: corte um fio com o triplo do comprimento da haste, mais 15 cm de folga, no mesmo material do trabalho e, em seguida,
dobre-o em 3. Faça, em volta desses fios, 1 carr. de p.b. Ao ser puxada a folga, a haste recebe diversas formas.

segunda-feira, 28 de julho de 2014

Flores, folhas e hastes de crochê

Flores, folhas e hastes de crochê
Como fazer Flores, folhas e hastes de crochê?
Flores, folhas e hastes de crochê


1. Hastes: corte um fio com o triplo do comprimento da haste, mais 15 cm de folga, no mesmo material do trabalho e, em seguida,
dobre-o em 3. Faça, em volta desses fios, 1 carr. de p.b. Ao ser puxada a folga, a haste recebe diversas formas.
Use fios de enchimento para as hastes, tolhas e pétalas.


2. Trabalhe as folhas e as pétalas sobre fios de enchimento com 2 pontos baixos, 2 meios pontos altos, 9 pontos altos, 2 meios
pontos altos, 1 ponto baixo. Em seguida, vire o trabalho e volte sobre o fio, introduzindo a agulha entre os pontos do outro
lado; trabalhe 2 meios pontos altos, 9 pontos altos, 2 meios pontos altos e 2 pontos baixos.


3. Contorne cada folha com um novo fio de enchimento colocado em volta e trabalhe em pontos baixos. Para a execução da margarida,
trabalhe todas as pétalas com os 5 primeiros e os 5 últimos pontos baixos, juntos.


4. Campânula: monte 10 correntinhas, mais 1 para virar, e trabalhe em pontos baixos. Na última correntinha, faça 3 pontos
baixos para a ponta. Vire o trabalho e faça o outro lado em ponto baixo até o penúltimo ponto.


5. Continue em ponto baixo, introduzindo a agulha na parte de trás do ponto. Cada carreira começa, sem correntinha para virar,
no 2° ponto e termina no penúltimo ponto. No ponto central dos 3 pontos baixos, faça 3 pontos baixos. Depois de 3 carreiras e
meia, na ponta, trabalhe 4x10 correntinhas e 1 ponto baixo.


6. Margarida com 6 pétalas: monte 5 correntinhas e feche com 1 ponto baixíssimo. Na 1° carreira: 3 correntinhas, 11 pontos
altos, feche com 1 ponto baixíssimo na 3° correntinha inicial. Na 2° carreira: 3 correntinhas, alterne 4 correntinhas e 1 ponto
alto em cada 2° ponto alto. No fim da carreira, 4 correntinhas, 1 ponto baixíssimo. Na 3° carreira: *9 correntinhas, volte sobre
as correntinhas, iniciando no 2° ponto, com 1 ponto baixo, 1 meio ponto alto, 1 ponto alto, 5 pontos altos duplos, 1 ponto baixo
no ponto alto seguinte da 2° carreira *. Repita de * a *. Na 4° carreira (atrás da 3°): 2 correntinhas, 1 ponto baixo no arco da
2° carreira. Faça as pétalas como na 3° carreira, com pontos baixos no arco da 2° carreira.
Margarida de 8 pétalas: monte 10 correntinhas e feche. As 2°, 3° e 4° carreiras: iguais às da margarida de 6 pétalas.


7. Rosetas: monte 5 correntinhas e feche. Na 1° carreira: 3 correntinhas, alterne 4x2 correntinhas e 1 ponto alto. No fim da carreira,
3 correntinhas e 1 ponto baixíssimo. Na 2° carreira: 1 ponto baixo, 1 meio ponto alto e 1 ponto baixo em cada arco.


8. Florezinhas: 7 correntinhas, 1 ponto baixíssimo na 1° correntinha, *6 correntinhas, 1 ponto baixíssimo na 1° correntinha*.
Repita de *a* mais 2 vezes.
Para formar o motivo, aplique as flores sobre um fundo em rede.

Ponto de nó entre pontos altos em crochê

Ponto de nó entre pontos altos em crochê

Como fazer ponto de nó entre pontos altos no crochê?
Nós entre pontos altos


1. Com a cor complementar, faça num só ponto da carreira anterior, 6 pontos altos sem remaihar; pegue 1 laçada no fio
da cor básica.


2. Passe a laçada nas 7 malhas da agulha, e prossiga em ponto alto na cor básica.

domingo, 27 de julho de 2014

Ponto de nó em crochê

Ponto de nó em crochê

Como fazer ponto de nó entre pontos baixos no crochê?


Nós entre pontos baixos de crochê
1. Os nós são sempre trabalhados numa carreira do avesso. Faça 5 pontos altos, num só ponto da carreira anterior,
sem remalhar; faça uma laçada.
2. Passe a laçada através de todas as 6 malhas que se encontram na agulha.
3. A seguir, faça 1 correntinha; continue trabalhando em pontos baixos.
4. Na carreira seguinte, do direito, em ponto alto, faça 2 pontos altos sem remalhar nas duas malhas do nó.
Depois, remalhe os 2 pontos de uma só vez.

Ponto de Tufo no crochê

Ponto de Tufo no crochê

Como fazer o ponto tufo em crochê?
Na 1° carreira: faça 4 correntinhas para virar, 1 ponto alto no 1° ponto alto, * 1 correntinha, pule 1 ponto, 1 ponto alto em
cada um dos 3 pontos seguintes* Canto: 5 pontos altos. No fim da carreira, depois dos 3 pontos altos, faça 1 correntinha e
1 ponto alto na 3.a correntinha para virar.


1. Na 2° carreira: faça 4 correntinhas para virar, *1 ponto alto duplo, 5 correntinhas, 1 ponto alto duplo; depois, 5 pontos
altos duplos em volta da correntinha seguinte, rematados de uma só vez = 1 tufo*.
2. Canto: 1 ponto alto duplo, 5 correntinhas, 1 ponto alto duplo na última correntinha antes do canto da carreira anterior,
1 tufo no ponto alto do canto; 1 ponto alto duplo, 5 correntinhas, 1 ponto alto duplo na correntinha seguinte. No fim da
carreira, 1 ponto alto duplo, 5 correntinhas e 1 ponto alto duplo na última correntinha, 1 ponto alto duplo na 3° correntinha
para virar.

O canto é formado por dois tufos.


3. Na 3° carreira: 4 correntinhas para virar, 2 pontos altos duplos no 1° ponto alto duplo. Continue como na 2° carreira,
fazendo os pontos altos duplos no ponto central das 5 correntinhas e os tufos nos tufos.
4. Canto: 1 tufo no tufo do canto, 5 correntinhas, 1 tufo. No fim da carreira, 2 pontos altos duplos no último ponto alto
duplo e na 4° correntinha para virar.

sábado, 26 de julho de 2014

Motivo Redondo, rendado em crochê

Motivo Redondo, rendado em crochê

Como fazer motivo redondo tipo rendado em crochê.


1. Monte 6 correntinhas e feche-as em círculo com ponto baixíssimo. Na 1° carreira: 1 correntinha, 15 pontos baixos no
círculo, feche com 1 ponto baixíssimo. Na 2° carreira: 6 correntinhas, *1 ponto baixo a cada 2 pontos, 5 correntinhas*.
Repita de * a *. Termine a carreira com 1 ponto baixíssimo na 1ª correntinha. Na 3° carreira: trabalhe 2 pontos
baixíssimos até o meio do 1° arco de correntinha, *1 ponto baixo em volta do arco de correntinha, 6 correntinhas*.
Repita de * a *. Feche a volta com 1 ponto baixíssimo no 1° ponto baixo trabalhado.

Una os motivos redondos aos quadrados com pontos baixos e correntinhas.
2. Na 4° carreira, ligue o motivo redondo entre os 4 motivos quadrados. Inicie com 1 correntinha, *em torno do arco de
correntinha, faça 4 pontos baixos, 3 correntinhas, 1 ponto baixo, 2 correntinhas. Introduza a agulha no 3° arco, a
contar do canto do motivo quadrado, e ligue com 1 correntinha. Prossiga com 1 ponto baixo, 3 correntinhas, 4 pontos
baixos. Una o próximo arco no seguinte do motivo quadrado*. Repita de * a * até completar a carreira.

Motivo quadrado rendados em crochê

Motivo quadrado rendados em crochê
Como executar motivo quadrados rendados em crochê?


1. Monte 18 correntinhas. carreira: 1 ponto alto no 6° ponto a contar da agulha, *pule 1 ponto de base com 1
correntinha, faça 1 ponto alto no próximo ponto de base*. Repita de * a *.
Na 2° carreira: 4 correntinhas, *1 ponto alto no ponto alto, 1 correntinha*. Repita de * a *. No final da carreira,
1 ponto alto na penúltima correntinha para virar.
Da 3° à 5° carreira: igual à 2° carreira. De cada lado do quadrado, faça 1 correntinha, 3 pontos baixos, mais 3 pontos
baixos, 1 ponto baixo, 5 correntinhas, 1 ponto baixo. Trabalhe ponto baixíssimo no ponto baixo depois das 5 correntinhas.


2. Continue em torno das 5 correntinhas com 1 ponto baixo, *3 correntinhas, 1 ponto baixo*. Repita de * a * mais 4 vezes,
1 ponto baixo, 3 pontos baixos, 3 pontos baixos, 1 ponto baixo no canto do quadrado.


3. Para a 2° carreira, trabalhe 1 correntinha, *1 ponto baixo no canto da carreira anterior, 5 correntinhas, 1 ponto
baixo no 2° arco do pequeno círculo trabalhado na carreira anterior, 7 correntinhas, 1 ponto baixo no 4° arco do mesmo
circulo, 5 correntinhas*. Repita de * a *. Termine a carreira com 1 ponto baixíssimo.


4. Inicie a 3° carreira com 1 correntinha. Em torno de cada arco de 5 correntinhas, trabalhe 2 vezes, alternadamente,
3 pontos baixos e 3 correntinhas, e mais 3 pontos baixos. Em torno dos arcos de 7 correntinhas, trabalhe 3 pontos
baixos e 3 vezes, alternadamente, 3 pontos baixos e 3 correntinhas, mais 3 pontos baixos.


5. Para unir os motivos quadrados, tire a agulha da laçada apôs a 2.a correntinha do arco central de um dos motivos.
Introduza-a no arco central do outro motivo e pegue a laçada. Faça 1 correntinha.

sexta-feira, 25 de julho de 2014

Variação do Ponto Alto no crochê

Variação do Ponto Alto no crochê

Outra forma de se fazer o Ponto alto no crochê.


1. *Faça 1 laçada e, em seguida, in-troduza a agulha no ponto da carreira anterior; puxe o fio.
2. Puxe o ponto feito através da laçada que já está na agulha.
3. Faça mais 1 laçada e remate juntos os 2 pontos que se encontram na agulha*. Repita de * a *.
Cada carreira começa, depois de 2 correntinhas para virar, no 2° ponto e termina na correntinha para virar.

A borda de bicos em crochê

A borda de bicos em crochê
Como fazer a borda de bicos em crochê?


1. Na 1° carreira: monte 26 correntinhas, mais 3 para virar, e trabalhe: 1 ponto alto no 4° ponto,
22 pontos altos. Na corrente seguinte e na última, 1 ponto alto rematado pela metade.
Remate as 3 laçadas juntas.


2. Na 2° carreira: 3 corr., 1 ponto alto no 4° ponto alto., 6 quadrados vazios, 1 ponto alto em cada um
dos 3 ponto alto e 1 ponto alto na 3° corr. para virar da carreira anterior.
Na 3° carreira: 3 corr., 1 quadrado cheio, 1 vazio, 4 cheios. Rem. o último ponto alto junto com 1 ponto alto
no último ponto alto da 2° carreira.
Na 4° carreira: 3 corr., 1 ponto alto no 4° ponto alto, 2 quadrados vazios, 1 cheio, 1 vazio, 1 cheio.
Na 5° carreira: 3 corr., 1 quadrado cheio, 1 vazio, 1 cheio, 1 vazio. Remate o último ponto alto junto com 1 ponto
alto no último ponto alto da 4° carreira.
Na 6° carreira: 3 corr., 1 ponto alto no ponto alto seguinte, 1 quadrado cheio, 1 vazio, 1 cheio.
Na 7° carreira: 3 corr., 1 quadrado cheio, 1 vazio. Remate o último ponto alto junto com 1 ponto alto no último
ponto alto da 6° carreira.
Na 8° carreira: 3 corr., 1 ponto alto no ponto alto seguinte, 1 quadrado cheio.


3. Vire o trabalho. Na 1° carr.: monte 21 corr., mais 3 para virar, e trabalhe 21 pontos alto.


4. Trabalhe 1 ponto alto sobre a corr. e 1 ponto alto sobre o 1° ponto alto do quadrado cheio, 1 ponto alto rematado
pela metade nos 2 últimos pontos alto da 8° carr. Remate as 3 laçadas juntas. Repita desde a 2° carreira.
No final do último bico, trabalhe 1 corr. e 1 ponto alto no último ponto alto da 8° carreira e remate.


5. Borda de bicos já pronta, costurada na cortina.

quinta-feira, 24 de julho de 2014

Arcos deslocados no crochê

Arcos deslocados no crochê
Como fazer o motivo de arcos deslocados no crochê.


O motivo de arcos deslocados
1. Na 1° carreira, alterne os grupos: 3 correntinhas, pule 3 correntinhas, 1 ponto alto,
3 correntinhas, 1 ponto alto no mesmo ponto, 3 correntinhas, pule 3 correntinhas, 3x1 ponto baixo em cada ponto.
2. Na 2° carreira: 3 correntinhas, 7 pontos altos em volta do arco central, 3 correntinhas, 1 ponto baixo no ponto
central dos 3 pontos baixos. No fim da carreira, faça 3 correntinhas para virar.
3. Na 3° carreira do ponto de base, inicie as diminuições. Para isso, depois de fazer as 3 correntinhas para virar,
trabalhe 7 pontos baixos nos 7 pontos altos. Em seguida, trabalhe *5 correntinhas e 7 pontos baixos nos
7 pontos altos*. Repita de * a *.

Os arcos são formados por grupos de pontos altos.


4. Na 4° carreira: depois das 3 correntinhas para virar, faça *3 pontos baixos nos 3 pontos baixos centrais do arco,
3 correntinhas, 1 ponto alto na correntinha central, 3 correntinhas, 1 ponto alto na mesma correntinha,
3 correntinhas*. Repita de * a *.
5. No início da 5° carreira, depois de 1 correntinha para virar, faça 2 pontos baixos. Depois de 3 correntinhas,
continue em ponto de base, a partir da 2ª carreira. No final da carreira, após 3 correntinhas, faça 2 pontos baixos.
6. Repita as diminuições (como nas fotos n° 3, n° 4 e n° 5). Para terminar, faça 1 carreira de pontos baixos,
trabalhando 3 pontos baixos no 4° ponto alto do arco de pontos altos. No fim da carreira, faça 3 correntinhas
e 1 ponto baixíssimo no ponto baixo da carreira anterior.

Arcos que formam tiras no crochê

Arcos que formam tiras no crochê
Como fazer arcos que formam tiras no crochê.


1. Monte 13 correntinhas na primeira correntinha. Na 1° carreira (volta): 1 ponto alto na 9° correntinha a
contar da agulha, 4 correntinhas, 1 ponto baixo na última correntinha.


2. Vire com 3 correntinhas. Na 2° carreira (ida): trabalhe 9 pontos altos no primeiro arco de correntinhas,
1 ponto alto no ponto alto da carreira anterior, 10 pontos altos no 2° arco.


3. Vire com 6 correntinhas. Na 3° carreira (volta): 1 ponto alto no 3° ponto alto, *pule 1 ponto alto com
2 correntinhas, 1 ponto alto no ponto alto seguinte*. Repita de * a *. No fim da carreirâ, 2 correntinhas,
1 ponto alto na 3ª correntinha para virar, 3 correntinhas para virar. 4.a carreira (ida): *3 pontos altos
em volta de cada correntinha, 1 ponto alto no ponto alto*. Repita de * a *. No fim da carreira, 6 correntinhas
para virar. Na 5° carreira (volta): igual à 3° carreira. Terminada a 3° carreira, está pronto o 1.° arco
do motivo. Não corte o fio do trabalho muito curto, porque desse modo não poderá ser usado na união das tiras.

Mude a cor na sexta carreira


4. Inicie a nova cor com 1 carreira de volta. Na 6° carreira: 1 ponto baixo no 2° ponto alto à direita do ponto
alto central, 4 correntinhas, 1 ponto alto no ponto alto central, 4 correntinhas, 1 ponto baixo no 2° ponto
alto seguinte.


5. Trabalhe novamente em carreiras de ida e volta, fazendo, antes do início de cada carreira, 2 correntinhas
para virar com 1 ponto baixíssimo em um ponto alto da carreira anterior.


6. Na 7° carreira: trabalhe 9 pontos altos em volta da arco de correntinha, 1 ponto alto no ponto alto, 9 pontos
altos em volta do arco da correntinha. No fim da carreira, ligue o último ponto alto com 1 ponto baixíssimo.
Na 8° carreira: *2 correntinhas, 1 ponto alto no 2° ponto alto*. Repita de * a *. No fim da carreira,
ligue 2 correntinhas com 1 ponto baixíssimo. Na 9° carreira: *3 pontos altos em volta do arco da correntinha,
1 ponto alto no ponto alto*. Repita de * a *. No fim da carreira, 3 pontos altos.
Na 10° carreira: igual à 8° carreira. Repita, continuamente, da 6° à 10° carreira.

quarta-feira, 23 de julho de 2014

Ponto tricô em crochê

Ponto tricô em crochê

Como fazer o ponto tricô em crochê.


1. O ponto tricô, em crochê, é feito em carreiras de ida ou circulares. Trabalhe-o com pontos baixos,
introduzindo a agulha no ponto inteiro e não nas 2 correntinhas superiores.
2. Para aumentar 1 ponto dentro do trabalho, faça, primeiro, 1 ponto baixo (como mostrado na foto n° 1.)
Em seguida, 1 ponto baixo em volta dos 2 fios superiores do ponto.
3. Contorne as abas dos gorros, no final, com uma volta de pontos baixíssimos.

Ponto tunisiano em crochê.

Ponto tunisiano em crochê.


1. Carreira de ida: introduza a agulha entre o ponto da frente e o de trás.
2. Enrole o fio na agulha e puxe uma laçada. Deixe a laçada na agulha.
3. Carreira de volta: remate primeiro 1 laçada; depois, 2 laçadas de cada vez.
4. Remate as 2 últimas laçadas com a nova cor.

terça-feira, 22 de julho de 2014

Como fazer penças em crochê

Como fazer penças em crochê

Como fazer penças em ponto alto no crochê.


Carreiras encurtadas para formar penças em crochê
1. Para fazer uma pença num trabalho em ponto alto, trabalhe em carreiras encurtadas sobre 6 pontos.
Comece a 1° carreira com 2 pontos baixíssimos, 2 pontos altos e 2 meios pontos altos. Prossiga com ponto alto.
2. A seguir, na carreira de volta, trabalhe 2 meios pontos altos, 2 pontos baixos e 2 pontos baixíssimos sobre os
6 pontos anteriores aos 6 últimos pontos da carreira anterior.

Use as penças para um bom ajuste dos modelos.


3. Vire o trabalho. Na carreira seguinte, execute pontos baixíssimos até o 1° ponto alto da carreira anterior.
Prossiga com 2 pontos altos, 2 meios pontos altos, continuando com ponto alto.
4. Repita os itens 2 e 3 quantas vezes forem indicadas na receita. A seguir, volte a trabalhar sobre
todos os pontos, em ponto alto.

Ponto Tunisiano - mudança de cor

Ponto Tunisiano - mudança de cor

Como mudar as cores em ponto tunisiano no crochê.


1. Para realçar as mudanças de cor em ponto tunisiano, iniciando na 4° carreira dupla do trabalho, faça, a cada 3 carreiras,
1 ponto alto duplo: remate todas as laçadas da cor à esquerda, até o último ponto.
Na frente do trabalho, 3 carreiras duplas abaixo, faça 2 laçadas, introduzindo a agulha no fio vertical do ponto alto duplo da 1° carreira dupla anterior.
2. Na mudança de cor, remate a última laçada já com a nova cor.
3. Para os pontos altos duplos da cor à direita, introduza a agulha ao voltar, no primeiro fio vertical da 1° carreira dupla.

segunda-feira, 21 de julho de 2014

Ponto laçada em 2 cores no crochê

Ponto laçada em 2 cores no crochê

Como fazer mudança de cor no ponto de laçadas no crochê.


1. Para mudar a cor no avesso, introduza a agulha no ponto seguinte, faça 1 laçada com o fio na cor principal e puxe o ponto.
Enrole o novo fio na régua, puxe-o pelos 2 pontos. Esse fio será rematado mais tarde.
2. Para mudar a cor no direito, introduza a agulha no último ponto, faça 1 laçada e puxe o ponto.
Faça 1 laçada com o novo fio e puxe-o através dos 2 pontos.

Ponto de laçadas em crochê

Ponto de laçadas em crochê

Como fazer o ponto de laçadas em crochê.


1. As laçadas são formadas no avesso. No 1° ponto, faça 1 ponto baixo, introduza a agulha no ponto seguinte, puxe o fio e, depois,
enrole-o em uma régua, da frente para trás.
2. Puxe-o fio que se encontra atrás da régua através das 2 laçadas, faça 1 laçada no ponto seguinte. No fim da carreira, 1 ponto baixo,
1 correntinha para virar. Trabalhe as carreiras do direito em ponto baixo.

domingo, 20 de julho de 2014

Cordões horizontais em ponto alto no crochê

Cordões horizontais em ponto alto no crochê
Como fazer: Cordões horizontais em ponto alto no Crochê.


1. Na 1° carreira (direito): após 3 correntinhas para virar, que formam 1 ponto alto, trabalhe em ponto alto normal.
Na 2° carreira (avesso): após 3 correntinhas para virar, iniciando no 2° ponto, trabalhe em ponto alto, introduzindo
a agulha, pela direita, no fio vertical do ponto alto e no fio que se encontra sobre o mesmo.
2. Puxe o fio e termine o ponto alto normalmente. No fim da carreira, faça 1 meio ponto alto na 3° corren tinha
para virar. Repita a 2° carreira.
3. No lado direito do trabalho, as 2 alças superiores do ponto alto ficam viradas para a frente, formando
uma correntinha; o mesmo motivo repete-se no avesso do trabalho.

Carreiras interrompidas no crochê

Carreiras interrompidas no crochê
Como fazer carreiras interrompidas no crochê.

As carreiras interrompidas são acrescentadas ao ponto de base com um novo fio.
1. Na 1° carreira (direito): prenda o fio no ponto correspondente e faça 1 ponto baixíssimo,
2 pontos baixos, 2 meios pontos altos. Siga em ponto de base.
2. Trabalhe os últimos 5 pontos invertendo a seqüência: 2 meios pontos altos, 2 pontos baixos e 1 ponto baixíssimo.

3. Na 2° carreira (avesso): como a 1 começando alguns pontos antes.
4. Trabalhe com o fio sobre todos os pontos.

Seguidores